28/04/2021

Digitality and management: presence, time, and space in organizations

Instituto de Estudos Avançados / USP

A Cátedra “Digitality and management: presence, time and space in organizations” pretende discutir a digitalização das organizações e a sua relação com o espaço e o tempo das atividades gerenciais.

A digitalização inclui lados sombrios e inesperados do processo social, como a generalização do trabalho remoto e a tendência “sozinhos juntos”, a proliferação de arranjos de trabalho precários, o aumento de monopólios em serviços digitais, como internet e firmas de plataforma. A pandemia e o período de bloqueio empurraram as organizações menos maduras digitalmente para uma transformação digital abrupta. Eles lançam luz sobre a importância paradoxal do lugar e do espaço em nosso mundo chamado “imaterial”.

Na verdade, a transformação digital é um processo profundo, muito além do uso de tecnologias digitais. “Digitalidade” é uma forma de dar sentido ao que está acontecendo e de sentir e materializar nosso mundo de forma diferente. As plataformas estão hoje no coração deste novo mundo. As indústrias desenvolvem plataformas poderosas com vários provedores móveis orbitando essas plataformas, como empresas de economia gigantesca, proliferando a coleta de dados e processando tecnologias de aprendizado de máquina ou blockchain. Formas descentralizadas de organização resumem essa transformação. A tradicional unidade de tempo-espaço de trabalho “todos trabalhamos aqui juntos ao mesmo tempo” acabou para muitos gestores. Digitalização, transformação digital, plataformas digitais são frequentemente utilizadas como conceitos intercambiáveis ??e relacionados à datificação. Gestão, contabilidade, governança e outras áreas relacionadas precisam cada vez mais considerar essa transformação social para entender como as organizações operam, como o governo pode regular os mercados e as indústrias e, eventualmente, os efeitos colaterais da digitalização.

A Cátedra também abordará vários efeitos colaterais da digitalização na sociedade e como a transformação afeta empresas, governos e relações de trabalho, em vez de uma perspectiva ingênua e otimista. Isso transforma a discussão de um paradigma positivista para abordagens mais experienciais (filosofia de processo e baseadas na fenomenologia).

Agenda e sessões:

As interações na Cátedra serão totalmente online (plataforma Zoom). Nossas sessões começarão com uma palestra, depois iremos para as salas de intervalo e terminamos com uma discussão plenária. Você está convidado a participar enviando perguntas em inglês, português ou francês.

Cada sessão possui uma lista de leitura predefinida e selecionada. O programa preliminar é o seguinte:

28 de abril - 14h - 16h, horário de Paris - Sessão de abertura:

Presença, tempo e espaço na organização. Questionando o status ontológico da digitalidade e da gestão.

27 de maio - 14h - 16h horário de Paris - Breve palestra e discussão:

Leituras sobre "Novidade eterna e o nascimento da gestão global (americana): uma exploração histórica da Segunda Guerra Mundial em Nova York."

24 de junho - 14h - 16h horário de Paris - Breve palestra e discussão:

Leituras sobre "Por uma teoria da presença nos estudos organizacionais: horizontalidade, profundidade e verticalidade."

26 de julho - 14h - 16h horário de Paris - Breve palestra e discussão:

Leituras sobre “Sociomaterialidade, e daí? Origens, evoluções e ilusões”.

30 de agosto - 14h - 16h horário de Paris - Breve palestra e discussão:

Leituras sobre "Combinando fenomenologia e pragmatismo: em direção a métodos abertos em estudos de gestão e organização."

27 de setembro - 14h - 17h horário de Paris - Workshop:

"Explorando oportunidades de pesquisar" presença, tempo e espaço "no contexto brasileiro."

Outubro - Sessão de encerramento com os Consulados Francês / Brasileiro.

Inscrições e demais informações:  https://url.gratis/55e4H