O que Hannah Arendt disse sobre o que se passa em Israel hoje?

Nádia Junqueira Ribeiro

Doutoranda em Filosofia na Universidade Estadual de Campinas e assessora de comunicação/Anpof

10/06/2021 • Coluna ANPOF

“A terra que passaria a existir seria algo bem diferente do sonho da comunidade judaica mundial, sionista e não sionista. Os judeus “vitoriosos” viveriam cercados por uma população árabe totalmente hostil, isolados dentro de fronteiras constantemente ameaçadas, absorvidos pela autodefesa física (…)

Em busca da voz perdida

Manoel Pereira Lima Junior

Doutorando em filosofia pela UFBA. Professor da rede pública do estado da Bahia

08/06/2021 • Coluna ANPOF

“Deus! ó Deus! onde estás que não respondes? Em que mundo, em qu'estrela tu t'escondes Embuçado nos céus? Há dois mil anos te mandei meu grito, Que embalde desde então corre o infinito... Onde estás, Senhor Deus?..” Castro Alves   Há milênios (…)

Estudante Brasileiro Conquista Medalha de Ouro na Olimpíada Internacional de Filosofia

07/06/2021 • Notícias ANPOF

O estudante brasileiro Luiz Felipe Morgado Horta, da Escola Britânica do Rio de Janeiro, conquistou no último final de semana uma Medalha de Ouro na Olimpíada Internacional de Filosofia (IPO), que ocorre anualmente desde 1993 e conta com o apoio institucional da Federação Internacional de Sociedades de Filosofia (FISP) e (…)

Por uma democracia da catástrofe

Yan Gomes

Mestrando (PUCPR)

05/06/2021 • Coluna ANPOF

Há uma afirmação velha e, ao mesmo tempo, hodierna no imaginário brasileiro, sempre da ordem do dia – pois repetidamente aventada em bares de esquina e churrascos de amigos e familiares –, que é a seguinte: quando se trata da real política tupiniquim, existem forças inescrupulosas atuando dentr (…)

Pensar além dos muros e do medo: Segurança-pública um desafio de todos nós

Sandro Cozza Sayão

Professor de Filosofia da UFPE

31/05/2021 • Coluna ANPOF

Talvez entre todas as coisas, o medo é quem mais tem a capacidade de realizar distorções. Através dele a realidade assume tons singulares, nos fazendo tomar distancia de quem nos é desconhecido e nos armamos contra tudo que é diferente de nós. Por ele, vetamos a possibilidade do encontro fortuito e a viabi (…)

Carta aberta dos estudantes de Pós-Graduação em Filosofia (PPGFil) da UFSCar

27/05/2021 • Notas e Comunicados

Somos estudantes de pós-graduação em Filosofia da UFSCar. Viemos, através desta carta, manifestar nosso posicionamento diante dos cortes orçamentários da União para 202l, cujo impacto na Educação e na pesquisa no Brasil é flagrante. Essa atitude do governo Bolsonaro tem reacendido a ne (…)

Semana Anpof será realizada em junho tematizando os desafios do presente e a comunidade filosófica brasileira

26/05/2021 • Notícias ANPOF

A Associação Nacional de Pós-graduação em Filosofia realizará, entre os dias 21 e 25 de junho, evento virtual para discutir temas que tangenciam as preocupações da comunidade filosófica brasileira. A Semana Anpof tem como tema “os desafios do presente e a comunidade filosó (…)

Nota de falecimento: prof. Roberto Machado (UFRJ)

20/05/2021 • Notas e Comunicados

É com muita tristeza que comunicamos o falecimento do Prof. Roberto Machado, um pernambucano radicado na cidade do Rio de janeiro. Professor Titular do IFCS-UFRJ, e foi professor da PUC-RJ. Um mestre generoso e acolhedor. Das bacantes ao ditirambo, Machado estudou e escreveu sobre Nietzsche, Proust, Deleuze, Foucault, o Trágico. Das (…)

SEM FILOSOFIA NÃO TEM BASE - Carta do GT Filosofar e Ensinar a Filosofar sobre a BNCC

20/05/2021 • Notas e Comunicados

SEM FILOSOFIA NÃO TEM BASE Os termos competência e habilidade não são novos no discurso educacional brasileiro. Desde a LDB (Lei 9394/1996) se fazem presentes e orientam as políticas educativas para a escola básica, como as Diretrizes Curriculares para o Ensino Médio, DCNEM/1998; os Parâmetros Curr (…)

O problema ético de "matar um ladrão" e a política brasileira

Matheus Oliva da Costa

Pós-doutorando em Filosofia (USP)

16/05/2021 • Coluna ANPOF

Matar ladrões é diferente de matar pessoas? Essa é uma pergunta que gerou um debate ético na China antiga. De um lado, os moístas defendiam que se tratava de algo distinto. Do outro lado, o confuciano filósofo Xun (Xunzi) argumentou que isso era uma falácia. No fundo, essa questão é sobre se (…)